Hotel Teatro Porto, a Design Hotels Member

Hotel Teatro

Restaurante Palco Porto
16 Mar

Restaurante Palco visto pela Flavor & Senses

Há alguns anos que acompanho de perto o trabalho do jovem chef Arnaldo Azevedo (eleito Chef A Seguir nos prémios Flavors & Senses – Os Melhores para 2014), mas por estranhos motivos só agora visitei a sua casa, ou como quem diz, o Palco onde é o actor principal desde a sua abertura.

Quanto ao Restaurante Palco, este está inserido no charmoso Hotel Teatro, um Design Hotel, que ocupa o espaço onde outrora brilhou o Teatro Baquet, com a assinatura , mais uma vez brilhante, de Nini Andrade Silva. Ao passarmos a pesada porta da entrada, iluminada por Almeida Garret, entramos numa peça, com cada divisão a tornar-se um diferente momento cénico, em que por momentos ficamos sem saber se seremos espectadores ou figurantes de uma peça pronta a começar!

O Palco respira esse mesmo conceito, com os seus tons quentes e iluminação suave que nos transporta para um certo romantismo, com uma decoração sóbria onde alguns elementos de design exclusivo enchem o espaço.

Voltando à estrela da peça, Arnaldo Azevedo, e apesar da sua idade, não se fez “actor” por simples graça, cresceu a ver o pai cozinhar (o Arnaldo Pai, tem um restaurante de cozinha tradicional em Ermesinde – Toca da Formiga), aprendeu e formou-se na célebre escola de Santa Maria da Feira antes de rumar aos restaurantes do Pine Cliffs, o saudoso Mesa (sabem como tenho saudades dessa cozinha do Luís Américo) e do estrelado Amadeus, onde partilhou a cozinha com o austríaco Siegfried Danler Heinemann.

Ou seja, não lhe faltou experiência antes de se estrear neste monólogo.

Restaurante Palco - cone com brandade de bacalhau e azeitona seca

cone com brandade de bacalhau e azeitona seca

Pouco depois de nos sentarmos e enquanto vamos dando uma vista de olhos pelo Menu, somos recebidos com as boas vindas do chef, um corneto (os chefs hoje em dia não se cansam dos cones!) com brandade de bacalhau e azeitona seca. Temperatura e texturas certas, num início cremoso e saboroso.

Entre os 3 menus disponíveis, optamos pelo menu Almeida Garret (52€ – 5 pratos), sendo que também é possível pedir à carta os vários pratos e sobremesas de cada menu.

Restaurante Palco, Hotel Teatro Porto

Brioche , Tapenade de tomate seco e manteigas de Foie Gras e pimenta selvagem

Seguiu-se o pão, como não poderia deixar de ser, com um simpático brioche e um bom pão de sementes, acompanhados por uma boa tapenade de tomate seco, e boas manteigas de foie gras e pimenta selvagem (saborosas e na temperatura correta) além do sempre delicioso azeite da Acushla.

Seguiram-se os snacks, onde o chef mostra bem, como gosta de fundir nas suas cozinhas, o respeito pelo lado clássico da cozinha com as técnicas e apresentações da cozinha mais contemporânea. Provou-se uma ótima enguia fumada com sour cream e caviar beluga, uma invulgar e bem frita espinha de carapau com brandade e ceviche de carapau e puré de abacate.

Restaurante Palco, Enguia Fumada com Sour Cream e caviar beluga

enguia fumada com sour cream e caviar beluga

Restaurante Palco, espinha de carapau com brandade e ceviche de carapau, puré de abacate

espinha de carapau com brandade e ceviche de carapau, puré de abacate

Uma “sandes de leitão”, numa interpretação deliciosa do clássico bairradino, em que um pequeno pedaço de barriga de leitão, suculenta e de pele estaladiça é servida com uma pequena tortilha. E ainda, uma homenagem ao mestre Joel Robuchon, com o seu célebre puré de batata com trufa negra. Pouco mais se poderá pedir de um início de refeição! Técnica, sabor, apresentação e distinção!

 

Leia o artigo completo da Flavor & Senses

 

O consumidor pode recorrer a uma das entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo cujo nome, contactos e endereço dos sítios electrónicos na Internet consta da lista de entidades depositada junto da Direcção do Consumidor. Para mais informações consultar Portal do Consumidor em www.consumidor.pt.